O que procura ?

Bem-vindo à nossa Loja Náutica       |

Newsletter

Fique a par das nossas novidades !

Coloque o seu email e receba a nossa newsletter com as novidades do mundo náutico !

     

    Segurança Náutica – I

    Segurança Náutica – I

    Vamos desenvolver e relembrar alguns aspectos práticos para quem anda no mar:

    Capitulo Igarmin-gpsmap-60cx

     

    raymarine-49eCertamente hoje todos sabemos que é obrigatório ter um VHF (ICOM, NAVICOM, RAYMARINE, GME, …) com DSC, mas este e por uma questão de segurança deve estar ligado a um GPS (GARMIN, HUMMINBIRD, RAYMARINE, ADVANSEA, …) para que em caso de emergência possa dar automaticamente e sem erros as coordenadas correctas. Assim, podemos ser mais facilmente localizados e assistidos.

     

     

    Temos como dado adquirido que a quantidade de coletes (PLASTIMO) tem de ser em número igual ao das pessoas embarcadas ou à lotação do barco. No entanto quando fazemos a escolha dos mesmos, raramente pensamos nas suas várias características . Peso e dimensões das pessoas que iremos ter a bordo, nas possíveis condições de mar …

    Existem coletes para todos os tipos de gostos e várias aplicações:

    Desportos aquáticos (50 e 70 Newton) e conforme o nome indica, são utilizados em situações em que não é necessário ter uma flutuabilidade igual aos restantes coletes. Normalmente servem para vela ligeira (escolas), canoagem, ski, entre outros desportos náuticos.

    Standartizados, estes são os mais utilizados e existem em vários modelos (abertos, fechados, com e sem cinta para as pernas…) e servem para uma grande variedade de programas (100 e 150 Newton):

    Insufláveis, iguais aos standrizados mas com vantagens acrescidas, pois ocupam menos espaçam e podemos tê-los postos sem praticamente os sentirmos. São tão ou mais seguros que os outros e em caso de queda à água insuflam-se automaticamente ou manualmente, dependendo dos modelos (150 e 275 Newton);

    Profissionais (SOLAS) com as especificações para a marinha mercante e profissional.

    Por último e também a não esquecer, devemos adequar os coletes (PLASTIMO) ao peso de cada utilizador. Não raramente assistimos a crianças e adultos com os coletes colocados totalmente desadequados às suas dimensões e pesos.

     

    CONTINUA …

    A equipa nauti4u

     

    [nggallery id=9]